Mover banco de dados para a nuvem é um desafio quando falamos em segurança da informação. É preciso tomar alguns cuidados para que essa nova abordagem não se torne uma dor de cabeça.

Neste artigo, você vai ver algumas dicas para que a migração seja feita com máxima segurança.

Acompanhe!

Por que a segurança é crítica ao mover banco de dados para a nuvem

Ao mover banco de dados para a nuvem, recomenda-se sempre manter a sua própria segurança. Embora a maioria dos provedores de serviços esteja empenhada em oferecer os melhores recursos de segurança, você nunca pode ter muitas certezas quando se trata de seu banco de dados.

Comece com rigorosa avaliação de segurança da plataforma que você planeja usar e preste atenção especial às falhas.

O serviço certo deve oferecer criptografia, mascaramento de dados e eliminação de serviços de informações de identificação pessoal.

O importante é gerenciar sua própria governança. Sua equipe também deve estar envolvida em garantir que a solução que você está considerando seja compatível com suas políticas de segurança.

— Leia também: Migração de banco de dados para a nuvem: 3 sinais de que está na hora.

Os processos de segurança são compartilhados com o provedor ao mover banco de dados para a nuvem

Também é fundamental saber que muitos dos seus processos de negócios podem não se aplicar aos aplicativos em nuvem. Você terá menos controle sobre segurança e outros procedimentos, e as coisas vão precisar funcionar com as ofertas dos provedores da nuvem.

É por isso que muitas empresas enxergam a segurança como um dos principais impedimentos para se mudar para a nuvem. As aplicações podem ser extremamente seguras, mas a empresa não terá hardwares, o que pode aumentar a sensação de insegurança.

No entanto, isso só significa que lidar com ameaças e violações será muito diferente do que era feito antes. Não significa que há de fato mais insegurança no horizonte.

O fato é que para manter seus dados protegidos, você precisará reavaliar seus procedimentos e estratégias de segurança.

— Leia também: Migrar bancos de dados para a nuvem: 6 cuidados essenciais.

Escolha o provedor de banco de dados na nuvem certo

Por fim, nunca é demais lembrar que qualquer tipo de migração de TI é perigosa e propensa a erros.

A experiência é necessária para prever e evitar problemas e custos adicionais. Você pode pensar que pode fazê-lo a um preço baixo, mas certamente custará mais dinheiro a longo prazo.

Daí a importância de contratar um provedor reconhecido e com total expertise para mover banco de dados para a nuvem.

Faça isso indo além dos requisitos técnicos. Verifique, por exemplo, quais são os cases de sucesso que a empresa já possui, como ela faz o atendimento e de que forma entrega relatórios de desempenho, entre outros aspectos.

A parceria que nasce entre o seu negócio e o provedor na hora de mover banco de dados para a nuvem deve ser mantida e aprimorada sempre. Afinal, ela será de longo prazo e precisa ser saudável e vantajosa para ambas as partes.

Você está pronto para mover banco de dados para a nuvem? Fale agora mesmo conosco e veja como podemos ajudá-lo neste desafio!