Infraestrutura na nuvem, ou infraestrutura como serviço (IaaS) é um serviço que abrange todos componentes de hardware e software (servidores, bancos de dados, armazenamento, rede etc.) que são necessários para suportar os requisitos de computação em um  modelo de computação em nuvem (cloud computing).

Diferente do modelo tradicional, no qual a infra é toda organizada e gerida dentro da empresa, a infraestrutura na nuvem existe a partir dos serviços prestados por um provedor de serviços de nuvem.

Tecnicamente falando, a infraestrutura na nuvem também inclui uma camada de abstração que virtualiza os recursos e os apresenta logicamente aos usuários através de interfaces de programas de aplicativos e interfaces de linha de comando ou gráficas habilitadas para API .

Um dos grandes benefícios de contar com uma infraestrutura de TI na nuvem é o controle e a previsibilidade dos custos. E é sobre isso que vamos conversar ao longo deste artigo. Continue lendo para entender!

Infraestrutura na nuvem diminui gastos e oferece previsibilidade de investimento

Ao ser implementada no modelo de computação em nuvem, a infraestrutura de TI passa a ser virtualizada. Ela deixa de ser uma responsabilidade interna e é fornecida por um provedor de serviços de nuvem, o que diminui uma série de preocupações relacionadas à aquisição de equipamentos, manutenção e atualização de sistemas, entre outras.

Neste modelo, os recursos são adquiridos em forma de uma assinatura, semelhante ao que já acontece com a energia elétrica, por exemplo — a empresa só se paga por aquilo que consome. Em outras palavras, os gastos deixam de ser variáveis e passam a ser fixos e mais previsíveis, pois só é necessário pagar pelos recursos contratados e pelo tanto que eles são utilizados.   

Batendo na tecla da previsibilidade, significa que a empresa pode calcular o quanto irá gastar conforme seu planejamento de expansão de mercado, por exemplo. Ao saber que irá abrir novas filiais ou unidades de negócio em outras cidades, é possível antever quais recursos de infraestrutura serão necessários para atender aos novos usuários e processar os dados que serão gerados e armazenados, por exemplo.

Por que a previsibilidade de custos com a infraestrutura na nuvem é benéfica para o seu negócio

Dentro dessa visão, podemos afirmar que há uma mudança de paradigma quanto aos custos de TI nas empresas que optam pelo modelo de infraestrutura na nuvem. O que antes era difícil de mensurar, inclusive no esforço de medição dos retornos sobre o investimento (ROI) passa a ser mais quantificável, uma vez que o provedor de cloud computing tem uma tabela de valores de cada recurso que entrega.

Outro ponto interessante é que o departamento interno de TI consegue gerar um acompanhamento mais preciso dos gastos que gerou com a infra, pois o fornecedor entrega em dashboards e relatórios detalhados de tudo que fornece.

A infraestrutura na nuvem pode elevar o valor do departamento de TI dentro de uma empresa

Por fim, é importante ter em mente que a computação em nuvem é uma aliada dos departamentos de TI das empresas, que deixam de se preocupar com detalhes técnicos e passam a ter uma atuação mais analítica e estratégica.

Neste modelo, a manutenção dos equipamentos e das ferramentas necessários para que os recursos tecnológicos das organizações estejam sempre disponíveis, confiáveis e seguros é uma garantia que passa a ser preocupação dos provedores. São eles que devem prestar contas dos níveis de serviços acordados em contrato com as empresas clientes, que contratam seus serviços de infra na nuvem.

Sua empresa está preparada para ter mais previsibilidade de custos com a infraestrutura na nuvem? Aprofunde-se mais neste assunto, baixe agora o e-book Infraestrutura na Nuvem — é grátis!