Até pouco anos atrás, falar em outsourcing de infraestrutura de TI era algo improvável para a maioria das empresas brasileiras. A ideia de terceirizar qualquer uma das de facetas tecnológicas de uma organização estava absolutamente fora de questão.

Mas isso tem mudado significativamente nos últimos anos, uma vez que a tecnologia deixou de ser uma commoditie e assumiu uma interface de serviço, sobretudo depois da popularização da computação em nuvem.

Pensando nisso, neste artigo, vamos conversar sobre quais são os sinais mais claros de que uma empresa já pode pensar em praticar o outsourcing e infraestrutura de TI.

Acompanhe!

O que é outsourcing de infraestrutura de TI

Quando falamos em outsourcing de infraestrutura de TI estamos nos referindo à prática da terceirização dos recursos e/ou serviços de infra. Ao invés de a empresa criar todo um aparato tecnológico internamente, ela contrata um ou mais fornecedores especializados que lhes entregam a infra como um serviço, sem a necessidade de manter uma equipe interna completa, por exemplo.

De maneira geral, as empresas praticam o outsourcing de infraestrutura para modernizar seus ambientes de TI e aproveitar novas oportunidades de crescimento, além, é claro de reduzir custos em curto, médio e longo prazo.

Sinais de que está na hora de terceirizar a infraestrutura de TI

1. Os gastos com recursos, serviços e ferramentas tecnológica estão muito altos

Para alavancar orçamentos limitados, cada vez mais empresas têm contratado serviços de TI terceirizados em combinação com nuvens públicas ou privadas. É tática relativamente rápida para complementar os sistemas de infraestrutura de TI com recursos que custariam muito dinheiro para serem adquiridos e implementados internamente.

E as vantagens financeiras do outsourcing de infraestrutura de TI podem ser muito tangíveis. Isso porque bons fornecedores deste tipo de serviço conseguem apresentar relatórios detalhados dos investimentos periodicamente, sempre em alinhamento com o que foi contratado pela empresa.

2. Está difícil monitorar e gerenciar a infra full time

Se sua empresa já está em um patamar de necessitar de monitoramento e gerenciamento de infra 24 horas por dia nos 7 dias da semana, ou se há um planejamento para ela chegar nisso, então comece a considerar o outsourcing.

Ao invés de ter que montar uma equipe e gastar muito dinheiro com recursos, ferramentas, aplicações etc. a melhor escolha é contratar um bom fornecedor, que entregue tudo de maneira terceirizada e ainda mantenha tudo sobre controle o tempo todo.

3. A infra já foi atacada ou está vulnerável do ponto de vista da segurança da informação

O Brasil é um dos países campeões em crimes virtuais contra empresas. São inúmeros tipos de fraudes que causam milhões de reais em prejuízos anualmente.

O outsourcing de infraestrutura de TI também pode ajudar a resolver (ou prevenir) este problema.

Com um bom provedor de serviços terceirizado de gerenciamento de infra de TI, é possível mitigar riscos e fortalecer a segurança da informação na empresa. Ele pode montar detecção de intrusão, filtragem de firewall/conteúdo, filtragem de SPAM/vírus, entre outras táticas, métodos e técnicas em uma configuração de gerenciamento de ameaças personalizada para os requisitos mais urgentes do seu negócio.

4. Há pouca flexibilidade para escalar ou reduzir recursos de infra

Outro ponto importante diz respeito à flexibilidade da infraestrutura de TI das empresas. Há negócios com sazonalidades, períodos em que há mais necessidade de recursos tecnológicos e outros em que a demanda diminui. Sem falar as empresas em crescimento, que de uma hora para a outra precisam escalar sua TI.

Ao invés de se preocupar com estes altos e baixos, a melhor escolha e contar com o outsourcing de infraestrutura de TI. Dessa forma, basta solicitar ajustes ao fornecedor para obter ou suprimir recursos, ferramentas e serviços de tecnologia de maneira estruturada e controlável.

Que tal, alguns destes sinais são visíveis na sua empresa? Você está pronto para avaliar e implementar o outsourcing de infraestrutura de TI? Deixe seu comentário!