A certificação digital está ganhando espaço no mercado. Sua bandeira é a melhoria na prestação de serviços e redução de custos com insumos para impressão de documentos. A Certisign, que há mais de 15 anos atua no segmento, é uma das referências da área. A empresa já atingiu a marca de mais de 4 milhões de certificados emitidos.

Por estar em constante expansão, a companhia precisa garantir que seu ambiente tecnológico esteja em linha com o crescimento e seja capaz de suportar a demanda. Recentemente, a Certisign ingressou na era da digitalização de documentos, permitindo que os clientes enviem a papelada necessária para adquirir uma certificação por meio da internet. Essa mudança possibilitou que a certificação fosse emitida em minutos em vez de dois dias.

Mas a estrutura de TI utilizada até então não estava preparada para o aumento do número de documentos que seria armazenado. Era necessário renovar o ambiente para suportar a nova demanda. A Certisign contratou a Advanced IT e encontrou no Sun SPARC Enterprise T3-2, Sun Storage 6180 Array e Real Application Clusters 11g a solução para o problema.

O RAC 11g reforçou a capacidade de a organização garantir disponibilidade constante do ambiente. “Caso o servidor de banco de dados falhasse, o processo de ativação do servidor redundante levaria, no mínimo, uma hora”, relata Leonardo Pereira Guimarães, gerente de Operações de Data Center da Certisign.

Com o Sun Storage 6180, a certificação pôde ampliar sua capacidade de armazenamento e ainda emitir mais certificados. No início do projeto de digitalização de documentos, eram mais de 40GB de informações arquivados por mês. Em outubro de 2012, essa marca saltou para 180GB. “Em 2011, emitíamos 700 mil certificados no ano e neste vamos chegar a 900 mil”, detalha Guimarães. Hoje a empresa tem ativo quase 2 milhões de certificados.

Segundo Guimarães, os benefícios com Oracle incluem aumento da receita, redução de custos para envio de cartas, sedex e malote para troca de documentos com os clientes e ainda a eliminação de espaço físico para armazenar a papelada que por questões regulatórias deve ser guardada por um período. “Tínhamos uma sala com vários armários repletos de documentos. Agora só tenho um legado que a cada mês expira e eu descarto, reduzindo o custo para manter o armazenamento físico dos papéis. Conseguimos agregar agilidade para o cliente. Em relação à concorrência, esse é um diferencial”, observa o executivo.

A renovação tecnológica também permitiu que a empresa levasse a digitalização para mais postos de atendimento, que somam mais de mil em todo o país. “Para o usuário de nossos serviços, conseguimos reduzir o tempo de espera na emissão de certificação e ampliamos a satisfação”, comenta.

A Advanced IT contribuiu ativamente durante todas as fases do projeto. “Estabelecemos um relacionamento com a Advanced IT em 2009 e isso nos deu muita confiança para tocar o trabalho. O diferencial apresentado pela empresa foi o conhecimento em nosso mercado”, afirma Guimarães.

“Realizamos um processo criterioso de entendimento das necessidades da Certisign”, lembra Fernando Marques Ferreira, diretor de Vendas e Marketing da Advanced IT. Segundo ele, a experiência anterior em diversos projetos, a qualidade técnica garantida pela especialização Oracle e o compromisso de entrega foram diferenciais importantes levados para a Certisign. “Com esse conjunto de habilidades, conseguimos conquistar o objetivo do projeto: performance e capacidade de crescimento”, finaliza Ferreira.
Desafios
• Ampliar a disponibilidade do ambiente tecnológico e aprimorar os serviços oferecidos para pessoas físicas ou jurídicas em busca de certificação digital;

Soluções
• Trabalhou com a Advanced IT na implementação das soluções RAC 11g, Sun Sparc Enterprise T3-2 e Sun Storage 6180 Array.
Benefícios
• Aumento da disponibilidade, redução de custos com troca de documentos com clientes e ampliação do espaço de armazenamento, garantindo o fechamento de novos negócios.